NORMAS para elaboração do Resumo Expandido

Os Resumos Expandidos devem ser redigidos na ortografia oficial e digitados em folhas de papel tamanho A4, com a seguinte formatação de margens: superior 3 cm, inferior 2 cm, lateral esquerda 3 cm, lateral direita 2 cm. O número máximo de páginas é quatro. Os Resumos Expandidos deve ser escritos no programa Word for Windows, em versão 6.0 ou superior. Se você está lendo este documento significa que você possui a versão correta do programa. Os artigos devem ser enviados em formato .doc ou .docx. Não serão aceitos para avaliação artigos em formato .pdf ou .odt.

Título e subtítulo (se houver): Manter apenas a inicial da primeira palavra e de nomes próprios em letra maiúscula.

Dados dos autores: a primeira letra de cada nome em maiúscula e o restante em minúsculo. Abaixo do nome do autor deve constar o e-mail e o vínculo institucional, contendo nome da instituição, sigla, cidade, estado e país, separados por vírgula. Não devem ser utilizadas abreviaturas nos nomes dos autores.

RESUMO: deve ser na própria língua do trabalho, com no máximo 250 palavras e apresentado no formato estruturado, contendo os itens: OBJETIVO, MÉTODOS, RESULTADOS e CONCLUSÕES.

PALAVRAS-CHAVE: deve conter entre três e cinco palavras-chave, no mesmo idioma do trabalho, separadas entre si por ponto e vírgula, e finalizadas também por ponto. As palavras-chave deverão ser, preferencialmente, padronizadas pelo Catálogo de Terminologia de Assuntos da Biblioteca Nacional (www.bn.br).

Será permitido o número máximo de 5 referências bibliográficas. Estas deverão ser citadas ao longo do trabalho.

Aspas devem ser utilizadas somente em citações diretas. Negrito deve ser utilizado para dar ênfase a termos, frases ou símbolos. Itálico deverá ser utilizado apenas para palavras em língua estrangeira (for exemple).

O resumo expandido deve conter:

  • título do resumo;
  • nome dos autores;
  • afiliação dos autores;
  • palavras-chave;
  • resumo;
  • introdução;
  • materiais e métodos;
  • resultados e discussão;
  • conclusões;
  • referências.

Notas: As notas devem ser evitadas. Se forem imprescindíveis, utilizar notas de fim. As notas não devem ser utilizadas para referenciar documentos.

O resumo expandido deve ser apresentado de acordo com o arquivo Modelo de resumo expandido.

Referências A exatidão das referências é de responsabilidade dos autores, a formatação é a seguinte: Espaço simples, com espaçamento de 1,5 entre um e outro autor, que deverão ser citados em ordem alfabética. Uso abreviado dos nomes de autores. Ex: RODRIGUES, J. A. Para os demais modelos, seguir as Normas FACCREI-FACED (as normas estão disponíveis por meio do Hiperlink: http://faccrei.edu.br/arquivos/normastcc.pdf e exemplos na sequência, com destaques em negrito:

Livro:

LÉVY, P. A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço. 5. ed. São Paulo: Loyola, 2007.

Coletâneas:

AZEVEDO, M. L. N. de (Org.). Políticas públicas e Educação: debates contemporâneos. Maringá: Eduem, 2008.

Capítulo de Livro: CATANI, A. M. Pierre Bourdieu: um estudo da noção de campo e de suas apropriações brasileiras nas produções educacionais: proposta de trabalho. In: AZEVEDO, M. L. N. de (Org.). Políticas públicas e Educação: debates contemporâneos. Maringá: Eduem, 2008. p. 231-250.

Artigo de revista:

MENDES, C. M. M. A importância da pesquisa de fontes para os estudos históricos. Acta ScientiarumEducation, Maringá, v. 33, n. 2, p. 205-209, 2011.

Trabalho em evento:

DAMASIO, E. OJS journals in Brazil: considerations for increased impact and visibility. In: PKP SCHOLARLY PUBLISHING CONFERENCE, 2., 2011. Anais… Berlin: PKP, 2011. p. 15.

Monografia, dissertação e tese:

MOTERLE, L. M. Análise biométrica da qualidade fisiológica de sementesde milho. 2010. 150f. Tese (Doutorado)-Programa de Pós-Graduação emAgronomia, Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2010.

Documento on-line:

RAYWARD, W. B. The International Federation for Information and Documentation FID. In: WIEGAND, W. A.; DAVIS JR., D. G. (Ed.). Encyclopedia of library history. New York: Garland Press, 1994. P. 290-294.Disponívelem:

>. Acesso em: 20 fev. 2012.

OBS: se o documento on-line ou eletrônico estiver em versão digitalizada do original em PDF, fazer a referência como material impresso.